1986: Dona Beija faz sucesso, e a primeira greve de funcionários

Dona Beija

A emissora entrou pelo ano de 1986 com uma dívida que beirava os 23 milhões de dólares. Adolpho Bloch dizia que “a televisão não estava dando lucro, mas estava ficando boa”, e que “por causa dos juros da dívida, sofria mais que mulher da vida”.

Em abril do mesmo ano a emissora reabria seus cofres e colocava no ar a suprodução Dona Beija, protagonizada por Maitê Proença, atingindo uma média de 15 pontos de audiência. Regada a cenas de semi-nudez , a de Ana jacinta de São José foi o primeiro grande sucesso da Manchete na sua jornada dramatúrgica.

A feiticeira do Araxá

entrou no ar em agosto de 1986. Baseada na Obra de Agripa Vasconcelos, foi adaptada por Wilson Aguiar Filho e dirigida por Herval Rossano.

A novela teve 89 capítulos e um gasto total de 160 milhões de dólares. Protagonizada por Maite Proenca e Gracindo Jr., abusou das belezas naturais da região do Araxá, e também de sua própria protagonista.

Foi o primeiro Grande sucesso da Manchete na área de dramaturgia. Atingiu medias de 15 pontos de audiência, garantindo o segundo lugar.

Em julho, a Manchete transmitiria um dos maiores espetáculos do nosso planeta: A Copa do Mundo do México. Para isso, não poupou esforços. Boletins diários anteriores ao período da copa e uma programação especial foram levados ao ar durante o evento, grande parte com a apresentação de Paulo Stein.

Clodovil estreou o programa ““, diariamente às 14 horas. O apresentador se envolveria em uma polêmica ao expor sua opinião sobre a nova constituição que estava em votação no Congresso Nacional. Depois de classificar a Assembléia como “prostituinte”, Adolpho Bloch demitiu o apresentador.

Em setembro de 86, funcionários entraram em greve por falta de salários pela primeira vez.

A saída de Xuxa

Ainda em 86, houve uma grande mudança na grade de programas . Xuxa foi contratada pela Rede Globo, e para compensar a perda, a Manchete resolveu extinguir o e o Circo Alegre (comandado pelo palhaço Carequinha, que antecedia diariamente o Clube) e substituí-los por dois novos programas: pela manhã, “A Nave da Fantasia”, comandado por Simony. E à tarde, no antigo horário ocupado pelo Clube, estreou “Lupu Limpim Claplá Topô”, com Lucinha Lins e Claudio Tovar. Este último seguia um formato de teleteatro, onde os apresentadores interpretavam os mais variados contos infantis.

Imagem de 1986: Dona Beija faz sucesso, e a primeira greve de funcionários
Lupu Limpim Caplá Topô

Em parceria com Cláudio Tovar, seu segundo marido, Lucinha Lins vinha produzindo infantis pelo país, como ?Sapatinho de Cristal?, ?Simbad de Bagdá? e ?Caixa de Brinquedos?. O sucesso desses espetáculos foi tanto, que abriu as portas para o casal criar e apresentar o Lupu Limpim Clapla Topo, substituindo Xuxa nas tardes da Manchete.

O programa mesclava as performances do casal com desenhos animados e permaneceu no ar até o final de 1987

Por Diogo Montano

Diogo Montano é Bacharéu em Ciência da Computação, pós graduado em Gestão de Negócios, e trabalha há quase vinte anos unindo duas coisas que sempre gostou: comunicação e tecnologia. Cresceu assistindo à Globo e Manchete(imagens sem interferências na baixada fluminense), e em 1999, ainda antes de entrar na faculdade, publicou a primeira versão deste site, logo após a venda da emissora. Atualmente trabalha como PM(Product Manager) no Globoplay.

leia também