1983: Estreia a Rede Manchete de Televisão

Estreia

Finalmente em 5 de junho de 1983, domingo, entrou no ar a Rede Manchete de Televisão. Com três das suas cinco emissoras, nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, e também uma forte afiliada, a TV Pampa de Porto Alegre, a programação da nova rede foi aberta por Adolpho Bloch com um pronunciamento onde o empresário mostrou aos telespectadores o resultado dos dois anos de investimento. O empresário saudou o Presidente da República, as emissoras concorrentes, em especial Roberto Marinho, e fechou o discurso com a seguinte frase:

Deixo com vocês, meus amigos, a Rede Manchete de Televisão. Ela está no ar!

Adolpho Bloch, 5 de junho de 1983

Playlist: Estréia da Manchete e Show O Mundo Mágico

Discurso inaugural de Adolpho Bloch e show musical O Mundo Mágico

A partir desse momento uma imagem impactante invadia os lares do Brasil: o logotipo da Manchete sobrevoava várias cidades do país como uma nave espacial, numa vinheta futurista, acompanhada de uma música caracteristicamente jovem. O logotipo, depois de sobrevoar as cidades onde a rede possuía emissoras, pousava sobre o prédio da sede carioca: um espanto! A vinheta de abertura da Rede Manchete insinuava um nível tecnológico inédito na TV Brasileira. A emissora possuía um departamento gráfico, denominado Manchete Computers Graphics, que era considerado um dos mais modernos do mundo.

Manchete Computer Graphics

Os equipamentos importados de última geração caracterizavam a Manchete como a emissora de Televisão mais avançada da época. Adolpho Bloch precisou de dois anos para equipar a rede. Projetos Gráficos e Designs ficavam por conta de uma divisão interna denominada Manchete Computer Grafics, capitaneada pelo americano Samuel Tolbert e por Toni Cid Guimarães (atualmente na Globo). Tolbert criou toda a instalação da emissora e implantou todos os grandes projetos da rede. Na época, ele tinha uma emissora nos Estados Unidos e foi ainda o criador do sistema de microondas que transmitiu a chegada do homem à Lua. O “Manchete Computers Graphics” era um dos mais avançados departamentos gráficos do mundo.

Logo após a abertura foi exibido um show intitulado “Mundo Mágico”, que ameaçou a liderança, ficando em muitos momentos com uma audiência superior à do “Fantástico”. O show foi exibido das 20h às 22h, e tinha a intenção de mostrar o que seria a nova emissora: Adolpho Bloch prometia uma emissora baseada em no dueto programação de qualidade (não popular) e alta tecnologia.

Videogame, de Roupa Nova

Para dar o tom jovem à “TV do Ano 2000”, a emissora estreou repleta de vinhetas com músicas derivadas da canção “Videogame”, composta pelo conjunto pop “Roupa Nova” especialmente para a emissora. Num trabalho minucioso, a equipe da Manchete criou várias canções a partir da original. De todas as vinhetas, que incluía a vinheta de abertura da programação até as vinhetas interprogramas, a que trouxe a versão mais fiel à original “videogame” foi a vinheta de abertura do “Jornal da Manchete”. No vídeo ao lado é possível ouvir a versão original da canção.

O Show não parou por aí. Às 22hs, entrava no ar a superprodução inédita “Contatos Imediatos de Terceiro Grau”, de Steven Spilberg. A partir de então, a recém-nascida Manchete liderou a audiência, ficando cravando 29 pontos de audiência, ultrapassando a TV Globo.

Logo 1983

Do ponto-de-vista da concorrência, o que surgia era uma emissora com plástica jovem, audaciosa, com profissionais de ponta e tecnologicamente incomparável. A Manchete parecia preparada conquistar importante colocação nos quesitos de audiência e de faturamento.

Estava no ar a “Televisão de Primeira Classe” ou “TV do ano 2000”, como anunciavam seus slogans.

O M mais famoso do Brasil

Criado pela agência de publicidade DPZ, logo da Manchete era formado por quatro cilindros e cinco bolas, cada uma representando uma cidade onde a rede possuía emissoras próprias, formando a letra M. No vídeo acima, a primeira vinheta interprogramas da emissora, que permaneceu no ar durante os primeiros anos.

As emissoras de Fortaleza e Recife ainda não estavam prontas, e só estreariam em 1984. Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, portanto, foram as regiões metropolitanas que passariam a ter a TV Manchete como uma nova opção

Programação

A Manchete estreou com uma programação que contava basicamente com o tripé formado por jornalismo, filmes e musicais. O Jornal da Manchete era o carro-chefe da emissora, com 2h15 de duração, e em muito lembrava a recém-inaugurada CNN dos EUA. A programação traria ainda premiadas séries americanas como “Os Caçadores de Aventura” e “Fama”, além de filmes de renome como “Guerra nas Estrelas” e “Terremoto” e ainda consagradas produções do cinema mundial. O Clube da Criança, naquele tempo era uma sessão duas horas de desenhos, das 17h às 19h, sem apresentadora.

Bar Academia

O Bar Academia estreou no dia 15 de agosto de 1983, apresentado por Walmor Chagas e dirigido por Maurício Shermman. A idéia era valorizar a MPB, criando um ambiente onde os artistas pudessem mostrar seu talento em um clima de bate-papo. O cenário tinha uma mesa de bar com imagens de artistas consagrados ao fundo. O programa tinha ainda como entrevistadores o jornalista Sérgio Cabral e o Poeta Geraldo Carneiro. Recebeu artistas de renome, como Tom Jobim, Chico Buarque, Maria Bethânia e Gilberto Gil.

leia também

tudo sobre