Logo 1983

1984: Liderança com o carnaval leva Manchete à dramaturgia

Continuando a preencher horários vagos na grade diária, estrearam várias atrações: Clodovil à frente de uma revista feminina, Ney Gonçalves Dias comandando o “Frente a Frente” nos fins de noite, a edição da tarde do Jornal da Manchete e a Manchete Esportiva 1o tempo. Transmitindo o carnaval sozinha, a emissora ficou em primeiro lugar absoluto em várias capitais, levando Bloch a decidir entrar no campo das novelas. A parceria com a Globo foi rompida.

Em seu segundo ano de vida, a estratégia de uma programação para as classes A e B ainda estava de pé. A emissora inicia o ano lançando, no dia 23 de janeiro, o FMTV, o primeiro programa de videoclipes do Brasil, revelando como apresentadores João Kleber, e mais tarde, Patrícia Pilar. A atração era levada ao ar diariamente das 19 às 19h30, e aos sábados a partir das 18h30.

Um ‘desfile’ de transmissões

Em fevereiro a Rede Manchete transmitiu com exclusividade o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, inaugurando o sambódromo da Marquês de Sapucaí. A grande cobertura das revistas do Grupo Bloch acabou se repetindo de forma positiva na TV, que contava, naquela época, com modernos equipamentos que muito auxiliaram na transmissão. O carnaval chegou com as melhores imagens e som estéreo. A emissora liderou a audiência, ficando acima dos 30 pontos percentuais.

Esse imenso esforço técnico e jornalístico foi recompensado por uma audiência maciça em todo o Brasil, durante o período do carnaval, estendendo-se o grande interesse público até as apurações dos desfiles das escolas de samba, igualmente transmitidas ao vivo do Ginásio do Maracanãzinho, e ao show das campeãs do samba na noite de sábado. O empenho da Rede Manchete em voltar sua ação jornalística para a cobertura completa dos quatro dias de carnaval, em todo o Brasil, partiu do princípio de que nenhum outro evento, ou espetáculo, é capaz de superar, nas mentes e nos corações do povo brasileiro, os ritmos, as cores e a alegria da sua maior festa. Na terça-feira de carnaval, quando a Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira inundou de verde e rosa o asfalto e as arquibancadas da Passarela, um helicóptero da Rede Manchete sobrevoou o desfile e registrou algumas das mais belas cenas até hoje vistas nas telas das televisões do país. Foi um raro momento de ação e emoção, tão rico, tão intenso, tão surpreendente como o próprio carnaval.

Anúncio publicado pela emissora fazendo um balanço das transmissões

Surgiram também neste ano a 1o tempo, seguida pelo Jornal da Manchete Edição da Tarde, respectivamente às 12h e 12h30.

Em junho a emissora fez sua primeira transmissão esportiva com a cobertura das Olimpíadas de Los Angeles. As transmissões tiveram a participação de Paulo Stein, apresentador da “Manchete Esportiva”, que foi praticamente um dos fundadores da emissora.

Peça publicitária sobre a cobertura das Olimpíadas de 1984
Peça publicitária sobre a cobertura das Olimpíadas de 1984

Depois da bem sucedida transmissão do carnaval e conseqüente rompimento do acordo de cavalheiros com a Globo, Bloch tem a idéia de produzir uma minissérie. Mauricio Shermman convernceu o empresário que sustentar uma emissora só com , shows e filmes já se mostrado uma tarefa muito difícil em outras emissoras. Era preciso criar produtos que fidelizassem o telespectador.

Foi escolhida a da Marquesa de Santos, com base no livro de Paulo Setubal. Protagonizada por Maitê Proença, a trama estreou em 21 de agosto do mesmo ano e atingiu um audiência média de 7 pontos, colocando a emissora em terceiro lugar no horário. Nesse embalo, a rede produziu ainda mais duas minisséries: e .

[video yt=”Ps65fXw0wsk” title=”Maquesa de Santos” text=”Minissérie com 25 capítulos baseada no livro de Paulo Setubal, sinopse de Carlos Heitor Cony, roteiro de Wilson Aguiar Filho e direcao de Ary Coslov. Protagonizada por Maite Proença e Gracindo Jr. Registrou media de 7 pontos, colocando a Manchete em terceiro lugar.”

No cenário político, começava por todo o país o movimento das Diretas Já. Dentre todas as emissoras de TV, A Manchete foi a que dedicou mais horas da programação para a cobertura dos comícios e passeatas, superando muito a atuação de suas concorrentes, nesse que foi um dos mais importantes acontecimentos políticos durante a existência da emissora.

Por Diogo Montano

Diogo Montano é Bacharéu em Ciência da Computação, pós graduado em Gestão de Negócios, e trabalha há quase vinte anos unindo duas coisas que sempre gostou: comunicação e tecnologia. Cresceu assistindo à Globo e Manchete(imagens sem interferências na baixada fluminense), e em 1999, ainda antes de entrar na faculdade, publicou a primeira versão deste site, logo após a venda da emissora. Atualmente trabalha como PM(Product Manager) no Globoplay.

leia também

tudo sobre