1985: Manchete se populariza em busca por audiência

Pra todas as classes

Não obtendo a audiência e o faturamento almejados na época da estréia e buscando uma maior diversidade de público, Adolpho Bloch aprova a produção de novelas e seriados. A emissora abriu seus cofres e já, no início de 1985 entrava no ar a novela Antônio Maria, juntamento com o seriado Tamanho Família. Para se ter uma idéia, Antônio Maria, embora tivesse sido co-produzido com a TV Portuguesa, custou mais de 5 bilhões de cruzeiros. Esse seria o segundo começo da Rede.

Manchete Shopping Show
Anúncio na imprensa

A programação mesclada entre popular e qualificado que marcaria essa terceira fase, veio incrementada com grandes nomes. As mudanças começariam à tarde, com a volta do costureiro Clodovil com o programa “De Mulher para Mulher” às 14 horas, seguido pelo “Manchete Shopping Show”, programa de variedades feminino que também contava com a participação do estilista. Mais tarde, às 19h30, entraria no ar o “Alô Papa, Alô Dola”, um show de variedades comandado por Pepita Rodrigues e Carlos Eduardo Dolabella.

Domigo de Graça, com Costinha

No campo do Humor, estrearam Domingo de Graça e Aperte os Cintos, ambos exibindos aos domingos, sendo este último protagonizado por Costinha. O formato era baseado em esquetes de humor, o mesmo de outros programas do tradicionais do gênero, como Chico Anysio Show e Praça da Alegria.

Chamada do Jornal da Manchete – Fev/85

No jornalismo, merecem destaque as diversas séries que a emissora produziu. Em parceria com a produtora Independente Intervídeo, pertencente ao jornalista Fernando Barbosa Lima, foram ao ar, naquele ano, três grandes produções: Xingu, mostrando a vida dos indígenas da região do alto Xingú; Terra Mágica, que falava sobre as características e costumes de determinada região do país; e a série Japão, retratando o avanço que a Terra do Sol Nascente sofreu depois da Segunda Guerra Mundial.

Em contraste aos populares, estreou “Um Toque de Classe”, comandado pelo pianista Artur Moreira Lima e pelo saxofonista Paulo Moura. A idéia do programa era popularizar o melhor da música clássica e erudita.

Grade de Programação de 1985