Tudo sobre o programa Clô para os Intimos

Em 1984, Clodovil deixa a Rede Globo, onde apresentava o TV Mulher ao lado de Marília Gabriela, rumo a Rede Manchete. Participou inicialmente o programa de entrevistas e variedades vespertino “Manchete Shopping Show“, no ar diariamente das 15h às 17h.

Dois anos depois, ganhou um novo programa, “Clô para os íntimos”, também diário, das 13h às 15h. Era uma co-produção da Rede Manchete com a Equipe A, de São Paulo.O programa trazia dicas de beleza, moda, decoração, culinária e entrevistas. Nesta época, Agildo Ribeiro o satirizava com o personagem “Clô Clô”, em seu programa semanal da TV Bandeirantes.

No programa, o apresentador conseguiu a presença de inúmeras personalidades da época, como Fernanda Montenegro, Myrian Rios, Luiz Carlos Barreto, Augusto Boal, Malcolm Roberts e Elizeth Cardoso.

O programa saiu do ar em 1988, depois que Clodovil, encarando a câmera, perguntou: o “Congresso está votando na Constituinte ou na Prostituinte“. Os jornais noticiaram que logo após o programa, o então deputado e Presidente da Câmara dos Deputados, Ulysses Guimarães, teria telefonado para Adolpho Bloch e teria pedido sua cabeça. No dia seguinte, Clodovil foi demitido da Manchete.

Quando falei naquela época na televisão: ‘Escuta aqui, isso é uma constituinte ou uma prostituinte?’, o Ulysses Guimarães ligou pra Manchete e disse assim: “Tire esse viado filho de uma p*** do ar hoje!”, relembrou Clodovil anos depois
Clodovil Hernadez
Sobre a sua saída da Manchete, em 1988

O polêmico estilista voltaria ao canal em 1992, no período em que a emissora esteve sob gestão do Grupo IBF, com o talk-show diário “Clodovil Abre o Jogo”.