Debate em Manchete

O Debate em Manchete foi um programa importante da Rede Manchete, permanecendo no ar durante oito anos, semanalmente, entre 1983 e 1990, apresentado e dirigido por Arnaldo Niskier.

Arnaldo Niskier apresentando o Debate em Manchete - 1984
Arnaldo Niskier apresentando o Debate em Manchete – 1984

O programa estreou em novembro de 1983, indo ao ar nas noites de sexta-feira, na faixa das 22h30. Com um formato parecido com o Canal Livrem da TV Bandeirantes, e do Diálogo, da própria Manchete, o jornalístico trazia um convidado que era sabatinado por até três jornalistas, além do próprio Arnaldo. Os jornalistas não necessariamente eram dos quadros das empresas da Bloch. Participaram como entrevistadores, por exemplo, Fernando Mitre, à época no Jornal da Tarde.

Da Manchete, eram frequentes as participações, como entrevistadores, de Paulo Henrique Amorim, Alexandre Garcia, Villas Boas Correa e Carlos Chagas. A edição que entrevistou Austregésilo De Athayde, por exemplo, contou com a participação da então jovem jornalista Marcia Peltier, na época muito dedicada à cobertura cultural.

Debate em Manchete - Austregésilo De Athayde

Produzido em Brasília, nos estúdios da TV Manchete na capital federal, Debate em Manchete ganhou relevância pela importância de seus convidados e a pertinência dos temas abordados. A maioria dos entrevistados eram políticos, mas o programa não se limitava ao tema. Nomes importantes da cultura, educação, medicina, por exemplo, também passaram pelo programa.

Imagem de Debate em Manchete da Rede Manchete -

Em 1984, passou das sextas para as noites de sábado, ganhando uma reprise no sábado seguinte na faixa do meio-dia. Em abril de 1985, foi para as noites de domingo, onde permaneceu até sua extinção, em 1990.